PROGRAMA CONVIVER

O programa tem como objetivo favorecer o desenvolvimento do indivíduo com TEA através da aquisição de habilidades e aprimoramento de potenciais, visando, contemplando a autonomia e independência nas áreas de  auto-cuidado, relacionamento interpessoal, socialização, lazer e promoção da qualidade de vida.

Referencia-se pelo ‘Plano de Desenvolvimento Singular‘ construído com cada familiar a fim de que as competências desenvolvidas no centro de convivência sejam pertinentes à realidade da qual cada um vem, caracterizando-o, dessa forma, como um plano dinâmico e transformado  constantemente.

As intervenções são realizadas individualmente e em grupo e visam a inserção do familiar em cada etapa do processo adquirido. Iniciam-se no centro de convivência do GAIA e têm por fim habilitar o indivíduo e o familiar estenderem as ações para os ambientes que estão além dos muros da instituição, contando sempre com um acompanhante terapêutico em tais situações. Tem uma equipe básica composta por terapeutas ocupacionais, psicólogos, pedagogos, além de oficineiros que promovem atividades diversas que compõe o rol de ações desenvolvidas pelo Programa e, acompanhante de atendimentos. Conta ainda, com o suporte oferecido pela assistente social e pelo psicólogo e psiquiatra responsáveis pelas supervisões da psicologia e psiquiatria.

O púbico atendido é de jovens entre 10 e 18 anos, no formatoCONVIVER " TRAVESSIA " e de 18 a 45 anos no formato CONVIVER "VIDA ADULTA’". Os atendidos, além de possuírem a condição autística compondo seus diagnósticos, possuem outros quadros de base (neurológicos e genéticos) que trazem a condição intelectual rebaixada como influenciando a sua troca com o meio e com o outro

Todos os direitos reservados © 2017 GAIA